Archive for the ‘Moda’ Category

Rapidinhas

15 Outubro, 2008

* O Style.com fez a lista dos 10 melhores desfiles dessa temporada. O primeiro lugar foi para Ann Demeulemeester, que apresentou umas criações bem estranhitchas porém legais (embora nada de mais). Gostei especialmente dos modelos masculinos. De qualquer maneira, vale a pena dar uma olhada.

* Já a Vogue inglesa fez uma seleção com os 30 melhores momentos das semanas de moda. Teve o cabelinho novo da ex-Posh Spice no desfile do Marc Jacobs, a modelo da Prada descendo bem gostoso por causa do salto alto e as super divertidas botenhas Yves Saint Laurent.

* E falando em melhores e piores, existe capa mais feia do que essa??? Sério, se eu fosse a Scarlett Johansson me recusava a participar!

* E essa semana também foi de perdas. O fotógrafo e amante do jazz William Claxton morreu nessa segunda-feira, depois de imortalizar em fotos absurdas grandes nomes da música, como André Previn, na foto acima. Tem mais aqui.

E, a pedidos, estamos com fotos expansíveis!!! É só clicar em cima e… voilà!

Anúncios

Semana de Moda de Milão

13 Outubro, 2008

Com algum atraso, as tendências mais bacanas da semana de moda de Milão:

Jazz Age

Pode-se dizer que a década de 20 esteve tão presente na semana de moda de Milão quanto a de 70 na Mercedes Benz Fashion Week de Nova York. Eu particularmente gosto muito dessas franjinhas e dos modelos mais retos. Acima, da esquerda para a direita, criações de Alberta Ferretti, Moschino e Roberto Cavalli.   

Mais anos 20 com Aquilano.Rimondi, Luisa Beccaria e Aquascutum.

50, 60 e 80

Embora não com tanta força, outras décadas também estiveram presentes, como os anos 50 de Maurizio Pecoraro, os anos 60 da Moschino e os ano 80 de Emilio Pucci.  

Wild Thing

Dessa vez não foi só Roberto Cavalli que apostou nas estampas de animais, como nesse vestidinho da Just Cavalli (direita). A estampa de tigre também apareceu no desfile da Emporio Armani e a de cobra foi destaque na morna coleção da Prada.   

Babadinho

Babados, laços, florais, corações e todas as coisas meigas e fofas são o que há. Acima, babadinhos e babadões nos vestidos de Francesco Scognamiglio, Just Cavalli e Moschino Cheap & Chic.

Mais babados com Pollini, Versace e Moschino.

Flower Power

Essa semana apresentou tantas flores e florais que até deu para enjoar de tamanho romantismo. Elas apareceram tanto nas estampas, como nas criações acima da Moschino Cheap & Chic, Roberto Cavalli e Iceberg… 

… quanto em aplicações, como na Blumarine, Moschino e Emporio Armani.  

E também nos desfiles da Fendi, Francesco Scognamiglio e da loucona Agatha Ruiz de la Prada.  

Fofurinha

E a doçura não pára! Dá só uma olhada nesses modelos de Roberto Cavalli (esquerda e centro) e Versace, com direito a coraçãozinho em várias das produções apresentadas no desfile.  

Lacinhos

Outro detalhe “fofo”, os laços apareceram a exaustão. Acima, Giorgio Armani, Emporio Armani e Derercuny.

Mais laços com Moschino (que usou e abusou desse detalhe), Moschino Cheap & Chic e Francesco Scognamiglio.

Renda-se

A renda serviu tanto para os mais românticos, como o vestido do meio, da Moschino Cheap & Chic, quanto para os que apelaram para um visual mais gótico, como Just Cavalli (esquerda), e Fendi (direita).

It Dress

E, para fechar o post, o it dress da temporada, de um ombro só e com detalhe em babado. Apareceu em vááááários desfiles, entre eles Luisa Beccaria, Francesco Scognamiglio e Gianfranco Ferré. E pensar que tudo começou há um ano atrás, nesse desfile da Lanvin.

Semana de moda de Londres – Top 5 Melhores Desfiles

4 Outubro, 2008

1- Luella

Uma das minhas estilistas favoritas da atualidade, Luella Bartley deu uma “rejuvenescida” nas pedras fundamentais da Chanel, como taillers e colares de pérola, desestruturando as peças e usando cores super vibrantes como roxo e laranja. O resultado ficou elegante e divertido ao mesmo tempo. Até deu pena de selecionar só três fotos para colocar aqui, porque gostei de diversos looks, mas dá para ver tudo no Style.com.

2 – Basso & Brooke

Poucos desfiles inspirados na estética oriental foram tão bacanas como o concebido por Bruno Basso e Christopher Brooke, e olha que tiveram váááários deles. Adorei as estampas e o obi estruturado usado em alguns looks.

3 – Christopher Kane

O garoto dos olhos da imprensa mundial realmente merece toda a atenção que vem recebendo. Christopher Kane misturou referências bizarras, como dinossauros, Flinstones e Planeta dos Macacos, e transformou em uma coleção super bem estruturada. Os semi-círculos que compunham muitas das peças lembram de leve a pele escamosa dos répteis.

4 – Charles Anastase

O ilustrador Charles Anastase fez sua estréia na semana de moda de Londres e eu adorei essa nerd / colegial / Lolita / rocker que ele apresentou. Destaque para a jaqueta de couro e para a plataforma enooooorme dos sapatos.

5 – Nathan Jenden

Embora não tenha recebido uma crítica, assim, muito boa (o Tim Blanks do Style.com disse que servia para lembrar que os anos 80 foram a década do mau gosto, que malvado) eu achei a coleção do Nathan Jenden super divertida. Amei a combinação de cores nada-a-ver e o vestido loucão da esquerda.

VMB 2008

3 Outubro, 2008

Apesar de não proporcionar tanta diversão quanto o VMA, o VMB também tem seu valor. Em que outro lugar se poderia ver uma renomada banda internacional como o Bloc Party dando vexame por tocar com playback, hein? Contratempos à parte, vamos às roupitchas.

Melhor Look da Noite

Ainda não existe oficialmente na premiação do VMB, mas, se existisse, o troféu de melhor look da noite com certeza iria para a VJ Luísa Micheletti, linda de morrer em um vestido do estilista Samuel Cirnansck, que, não por acaso, foi meu desfile favorito da última SPFW. 

Melhores Looks Femininos

É inegável que a noite de ontem foi repleta de boas surpresas no que se refere ao estilo do público. A Sandy apareceu muito fofa em um vestido tomara que caia xadrezinho (na foto não dá para notar) com uma bolsinha pink linda. Foi meu segundo lugar. Também gostei da produção da Sophia Reis, filha do Nando, e, pasmem, da Adriane Galisteu, que chocou todo mundo dando as caras em um estilo super elegante. Por essa ninguém esperava!

Menções Honrosas

Também merecem uma menção honrosa a VJ Marina Person, que tá sempre linda e ontem não foi diferente (ainda mais com esse Balenciaga), Mallu Magalhães, fofíssima de vestidinho (primeira vez que vejo ela assim) e uma sapatilha de bailarina de cada cor (só ela pode usar uma coisa dessas e não parecer idiota), Maria Rita, que abandonou a ripongagem e apareceu com um vestido bem bonito, e Alice Braga, cujo vestido Glória Coelho nem é tããão bonito assim, mas essa mulher é tão linda e simpática que fica bem com qualquer coisa!   

Bizarrinhas Seven Boys

Como é de se esperar em uma premiação da MTV, sempre tem gente sem noção. Nesse caso, os tipos já são nossos velhos conhecidos e não aprsentaram nenhuma novidade. Na foto acima, Marimoon, Pitty e Penélope Nova usando roupas que deveriam ser proibidas para mulheres com mais de 16 anos (no caso da Penélope, com mais de 50kg).

Update: parece que a Alice Braga chegou na premiação com um vestido igual ao da Sandy e na hora teve que trocar por esse outro… Quase ganhou o segundo lugar! Ah, e é um Reinaldo Lourenço!

Semana de Moda de NY

2 Outubro, 2008

Voltando para a vidinha normal e começando a série de posts sobre as principais semanas de moda, escrevo sobre os dez desfiles que mais chamaram a MINHA atenção na última Mercedes Benz Fashion Week, vulgo semana de moda de Nova York.

Anna Sui

Inspirando-se no folclore mexicano, espanhol e dos países do leste europeu, Anna Sui apresentou uma coleção repleta de modelos, estampas, cores e texturas característicos desses lugares, porém sem ser clichê ou kitsch. Meu desfile favorito do evento, com certeza. Além de tudo, tem um ar alegre e jovial perfeito para primavera, reparem que até as modelos não estão com a cara carrancuda de costume.

Diane von Furstenberg

Diane von Furstenberg apelou para a hipongagem no seu desfile, intitulado “Rock Goddess”. Com direito a flores e faixas de couro no cabelo, a estilista provou que a mania 70’s não vai nos deixar tão cedo. Apesar de não ser assim tããão original, é inegável que o resultado ficou muito bonito.

Diesel Black Gold

Como disse ali em cima, essa lista é dos desfiles que mais chamaram a minha atenção, mas não necessariamente dos que eu mais gostei. É o caso da apresentação da Diesel, talvez a marca de jeanswear mais cultuada atualmente. E isso me faz ter medo, muito medo, de que a moda “mendigo/grunge” realmente cole. Deus nos proteja dessas calças folgadas, manchadas e com essa barrinha dobrada que me dá arrepios. Alguém aí tem coragem de dizer que gostou?

Miss Sixty

Em uma coleção “colegial safadinha encontra Faye Dunaway em Bonnie & Clyde” a Miss Sixty apresentou modelos bem fofos e superusáveis. Esse lencinho no pescoço pelo jeito não vai sair de moda tão cedo. Destaque para a calça “bombachinha” da foto do meio, que eu até usaria se tivesse uns 20cm a mais.

Lacoste

A veterana Lacoste estreou sua linha jovem e aparentemente mais barata que, segundo o Style.com, chama-se Red!. Mesclando a estética mod com as roupas tradicionais de golfe, a marca apresentou uma coleção muito fofa, cheia de bossa sessentista à la André Courrèges. Ganhou minha medalha de prata, lembrando sempre que, para não ficar com cara de bundão, é preciso ter muita atitude e alguma ironia para levar esse jacaré no peito se você nasceu antes de 1950.

L’Wren Scott

A coleção praticamente monocromática de L’Wren Scott é muito bem vinda em tempos de revival dos anos 70. A estilista cria uma atmosfera “rock n’roll chic” com modelos de corte simples e perfeitos. Não é à toa que ela é a atual “Senhora Mick Jagger”.

Rock & Republic

Em outra coleção praticamente monocromática, a Rock & Republic apostou em looks “The Hives” para os homens e uma espécie de romantismo punk para as mulheres. Destaque para essas gravatas fininhas que eu adorow!

Rag & Bone

Outra marca que seguiu a linha “rock n’roll”, a Rag & Bone se inspirou nas vestimentas dos punks, mods e do pessoal do ska e apresentou uma coleção superdivertida, com direito a suspensórios, tachinhas e (de novo) gravatas skinny.  

William Rast

Estréia do nosso querido Justin Timberlake no mundo da moda, em parceria com o estilista Trace Ayala, a William Rast também apostou no clima rock n’roll apresentando jaquetas super bacanas, correntes e jeans rasgados. O visual dos homens foi um pouco mais clássico mas mesmo assim não deixou de ser divertido.

Marc Jacobs

Ok, é impossível falar na semana de moda de NY sem falar nele. Marc Jacobs trabalhou com a mistura kitsch de diversos elementos da cultura americana, apresentando looks com muita, mas muita informação. Eu particularmente não gostei muito e sou bem mais do minimalismo da L’Wren Scott que eu mostrei acima, por exemplo. Destaque para os obis orientais que apareceram em quase todas as composições. Mas o que chamou mesmo a atenção foi o kilt que o estilista usou na sua entrada no final do desfile (no final da apresentação da Marc by Marc Jacobs ele também usou um em tartã vermelho). Isso sim promete virar tendência.

VMA 2008 – Balanço geral

10 Setembro, 2008

A premiação aconteceu no domingo, mas eu não podia deixar de dar minha opinião sobre algumas produções que rolaram no VMA 2008, afinal de contas, existem pérolas que a gente só vê em eventos da MTV. Para tornar a coisa mais didática, organizei o post em tópicos.

Da série ‘Ai, meu Jesusinho!’ 

Parece que todo ícone adolescente é obrigado a vestir roupas ridículas. Será que eles acham que, se usarem alguma coisa decente, os zóvens vão parar de escutar as suas músicas? Deve ser isso. A Rihanna aí do meio até que não exagerou tanto, mas definitivamente não dá para dizer que ela foi bem.

Bem que eu sabia que o estilo gótico tava na moda. O Slash, como ex-mebro do Guns, tem o total direito de usar o que ele quiser (aliás, senti falta da cobra enrolada no pescoço). Mas por favor, crianças, não tentem copiar. À direita, Nicky Hilton prova que nem todo dinheiro do mundo consegue comprar um pouco de bom senso. E eu que achava ela melhorzinha do que a Paris… 

Da série ‘WTF?!?!’

Nem sei quem são essas pessoas, mas com certeza elas ganham o troféu abacaxi da noite (menos a moça de vestido, que entrou de gaiato na história).

Acima, Lil Wayne e T.I. comprovam o poder de achatar a silhueta que uma calça de rapper possui. Fica até difícil saber quem é o ‘Midget Mac’.

Da série ‘Até que eu gosto’

À esquerda, Ting Tings, o casal mais cool da noite com cara de quem veio virado da balada. No centro, Perez Hilton banca o Jô Soares, mas não tem como falar mal da “rainha de todas as mídias”. E finalmente, à direita, o grande Christopher “McLovin” Mintz Plasse, pessoa mais decente da noite, com certeza.

Se quiser saber os vencedores e os destaques da noite, clica aqui.

Tenho visto coisas medonhas…

9 Setembro, 2008

… mas essa “camisa do acesso” do Corinthians é um exagero. O time vai lançar a campanha “O Timão tem a sua cara” e promete estampar a sua camiseta com fotos de 400 torcedores que doarem R$ 1 mil. Vai dizer que não parece aqueles murais de desaparecidos?

Fonte.

Grécia invade Veneza

6 Setembro, 2008

A afirmação acima é bem verdade, se considerarmos os modelitchos que passaram por lá durante o Festival de Veneza, que acabou hoje. Vestidos inspirados no período greco-romano não faltaram. Acho que a galhofa deve ter começado quando a Gwyneth Paltrow se travestiu de Platão durante o festival de Cannes. De qualquer maneira, a moda parece ter pegado entre os estrelados.

Claudia Schiffer em um Alberta Ferretti bem lindão. Tilda Swinton usa criação da mesma estilista, mas infelizmente a natureza não foi tão generosa com ela.  

Liz Hurley em um Roberto Cavalli bem cafajeste e Diane Kruger de Valentino.

Passando agora para quem realmente interessa, Natalie Portman, uma das meninas mais bem vestidas da atualidade (na minha opinião), parece ter cansado de ser sexy. Ela chegou bem, em um vestidio marinho Miu Miu super fofo, mas depois resolveu inovar e foi na première de ‘Eve’, sua primeira empreitada como diretora, de jeans e camiseta. Meio demais, né? (Deve ser influência daquele namorado maconheiro, hahahaha) Também não gostei muito desse vestido preto cheio de “coisas” que ela usou. Bizarrinha.     

Forte candidata ao novo título de musa inspiradora é Anne Hathaway, que abafou geral com um Versace puro luxo no lançamento de ‘Rachel Getting Married’. Mas eu gostei mesmo foi desse vestidinho fúcsia do meio. Muito, muito fofo. A combinação do vestido preto de bolinhas com cinto vermelho também ficou bacana.  

E o troféu abacaxi do Festival foi pra Claire Danes, tadinha. Sempre muito, querida, sempre muito simpática, quis homenagear o Valentino usando uma criação sua na estréia do documentário ‘Valentino: O último imperador’ mas não foi muito feliz. Fica pra próxima 😉

Novo clipe do CSS

3 Setembro, 2008

Da faixa ‘Move’, minha favorita do ‘Donkey’ so far. Com direito a polaroids, wayfarers, acidente de carro e Lovefoxxx pagando de rapper com roupitcha neon.

Até tu, Johnny?

1 Setembro, 2008

Johnny Depp no show de reencontro da sua ex-banda, The Kids, na Flórida, na última sexta-feira.

Será que só eu não estou afim de me vestir como o Kurt Cobain?