O Teatro Mágico (impressões rasteiras)

by

A combinação curiosidade + gratuidade me levou ao Opinião na semana passada para ver O Teatro Mágico, grupo paulista que recebeu belas críticas da imprensa do centro do país pelo seu show circense, brasileiro, teatral, poético e (medo!) interativo. Vou resumir minhas impressões em cinco itens:

1 – Bons músicos. São “cancheiros” e parecem capazes de tocar qualquer coisa com competência. As músicas boas soaram como um “Brasil suado bem pegado”. Na maior parte do tempo é bateria, violão/guitarra, baixo, teclados, violino elétrico e percussão.

2 – São bem legais quando tocam sons parecidos com Moraes Moreira e meio chatos quando emendam três maracatus.

3 – O lance teatral não tem qualquer efeito sobre mim. É realmente impressionante minha falta de gosto para esse tipo de coisa. Mas é uma proposta legal, bem Secos e Molhados, bem nordestino e não muito parecido com Cirque du Soleil.

4 – Pessoas simpáticas e com facilidade para cativar o público. A coisa de interatividade com a platéia não chegou ao ponto constrangedor (até a hora que eu fiquei por lá, pelo menos).

5 – Discursos sobre música de graça na internet são bem-vindos. Mais uma banda para as gravadoras odiarem ou “dobrarem”.

O resultado geral é positivo. As canções são decentes, a proposta ópera é condizente e os fã-clubes gaúchos presentes no show (foi a primeira vez que tocaram aqui) mostram que eles devem ser ainda mais falados por aqui daqui pra frente. Confesso que ainda não ouvi as letras com o merecido cuidado. Dessa forma, não posso julgar os rios de lágrimas derramadas pelos jovens durante a música Ana e o mar.

2 Respostas to “O Teatro Mágico (impressões rasteiras)”

  1. moderninho Says:

    E tem a minha entrevista com o cara!

    http://planetaterra.terra.com.br/interna/0,,OI3067531-EI11915,00.html

  2. Edu Says:

    QUando eu ouvi o primeiro disco deles achei que uma descrição “Legião Urbana da roça” caiu como uma luva. Não consigo gostar tanto, não vejo a genialidade toda e a emoção que todo mundo sente, enfim… Mas também não consigo condenar porque a proposta deles é criativa e até um pouco ingênua.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: