Looks Like Centro* – Desbravando o centro de Porto Alegre

by

Elis Martini

Para o especial dessa semana, fomos atrás de um dos pilares do verdadeiro jornalismo: romper barreiras e preconceitos e disseminar a verdade. Assim, nos munimos de muita paciência e bom senso e partimos para explorar mares nunca dantes navegados. Nossa missão? Descobrir se é possível ter estilo e parecer cool comprando em lojas populares. E por lojas populares, não pensem que fomos na C&A, na Marisa ou na Pompéia, o objetivo não era esse. Queríamos descobrir se é possível fazer algum milagre e se vestir bem com roupas dos lugares mais trash – e isso significa Lojas do Aldo para baixo – da nossa capital. E que lugar melhor para isso do que nossa gloriosa Voluntários da Pátria, a 25 de março dos pampas? Então nos acompanhe nessa aventura e veja se você sobrevive!

Elis MartiniNosso passeio começa calmo, saindo do Bom Fim pela Osvaldo Aranha, em direção ao centro. Logo nos chama a atenção a banca da camelô Iara Nunes (Osvaldo Aranha, 1048), recém instalada no local e vendendo três das pulseirinhas da foto ali de cima por R$ 5. Precinho mais do que justo para um acessório tão legal quanto esse (e ninguém percebe se é comprado do camelô ou não). Um pouco mais adiante, no número 56 da Praça Dom Feliciano, o que nos atrai são os cachecóis ao lado, bem fofinhos e perfeitos para fazer aquele charme invernal. R$ 5 qualquer um deles, viu?   

Elis Martini

Quando estamos começando a gostar dessa coisa de camelô e lojas populares, aí é que o clima esquenta. Adentramos o território dos balaios e ofertões através da Sino Modas (Vigário José Inácio, 286). Apesar do estranhamento inicial e de realmente a maior parte das coisas ser ou muito feia (com detalhes, cortes, bordados e estampas terríveis) ou de qualidade visivelmente podre, ainda assim achamos roupas bacanas (dignas de uma festinha no Beco, hein?). O look acima foi montado com duas peças desse lugar: o casaquinho verde muito fofo (repararam na gola e nos botões?) que sai por R$ 39,99 e a básica roxa vendida por míseros R$ 8,99. Completa a combinação a calça jeans da Lojas do Aldo (José Montaury, 137), que tem um tecido e caimento incrívelmente bons (ela foi devidamente experimentada) e sai por R$ 34,90.   

 Elis Martini

E as surpresas não param por aí. Em várias lojas de calçados ao longo da Voluntários da Pátria e da Vigário José Inácio (principalmente a Hypper Calçados – que nomitcho, hein? – Vigário José Inácio, 249) encontramos sapatilhas muito fofas, como essas bicolores aí de cima, perfeitas para flertar com o estilo emo. Qualquer uma por R$ 29,99. Muitos outros modelos podem ser encontrados, inclusive uns mais românticos, com enfeite de pedrinhas, a partir de R$ 19,99. É realmente inacreditável.  

Elis Martini

A próxima parada foi a absurdamente grande Sul Center Fashion (Voluntários da Pátria, 328). Tem até cafeteria lá dentro. Com muita paciência e procurando bem, você encontra coisas bacanas, como essas blusinhas (R$ 6,99 a cinza e R$ 11,99 a branca com roxo). É claro que a qualidade não é lá esses mundos, mas se elas resistirem a duas lavadas de máquina você já está no lucro.

Elis Martini

A última dica de nosso roteiro trash/popular é a banca do Seu Oli, número 38 da Praça da Alfândega. Seu Oli vende os mais diversos acessórios em “couro punk” feitos por ele mesmo. Tem até suspensórios super-divertidos! Os preços variam entre R$ 3 e R$ 80 (pulseiras), R$ 7 e R$ 160 (cintos) e R$ 13 e R$ 30 (suspensórios). Parada obrigatória para qualquer fã de Ramones!  

Para servir de guia aos leitores que quiserem se aventurar no mundo desconhecido das lojas populares, elaboramos uma série de dicas:
1 – Prepare-se para esperar bastante na fila. Essas lojas costumam não ter muita atenção com o cliente nesse aspecto, deixando filas imensas se formarem. (Meninas, esse não é um lugar legal para levar namorados e amigos hetero).
2 – Cheque sempre a qualidade do produto que está comprando, cada costurinha, cada emenda, porque não é raro ter muita coisa com defeito nas araras. E isso vale para qualquer loja.
3 – Sabemos que a tentação é grande, mas geralmente a idéia de comprar algo só porque está inacreditavelmente barato é igual a dinheiro posto fora.
4 – Prepare-se para uma certa hostilidade quando as clientes disputam as mesmas peças em um balaio, mas nada que não aconteça também em um bazar da Fórum.   
5 – Também esteja preparado psicologicamente para músicas ambientais péssimas ou um tiozinho gritando as ofertas em um microfone para atrair clientes.
6 – Algumas dessas lojas têm proporcionalmente bem menos peças no tamanho P feminino, e nem adianta experimentar o M, porque geralmente os moldes são maiores. Em contrapartida, às vezes existem belas surpresas nas seções infantis.
7 – Se der para escolher, prefira se aventurar no mundo das lojas populares pela manhã, porque de tarde elas geralmente estão mais cheias. Obviamente os períodos de Natal e Dia das Mães devem ser evitados. Falamos por experiência própria.
8 – Nessas lojas as crianças e bebês parecem se multiplicar, então vá se acostumando a berros, choros e gritos de “Mãe!”. 
9 – Lojas populares e camelôs não são o lugar ideal para se comprar peças muito caras ou que você quer que dure, como botas e casacos de inverno. Prefira gastar um pouco mais e comprar em um lugar decente.
10 – Sempre preste atenção em todos os detalhes da peça que escolher para provar. Às vezes (quase sempre) uma calça jeans é ótima na frente mas tem algum bordado ou aplique muito absurdo atrás que estraga tudo.  

E boas compras!

Confira na nossa galeria de fotos mais achados do centro do Porto Alegre!

* Esperamos que o pessoal do Looks Like Poa, ótimo blog de street style, entenda e aprove o trocadilho infame.

Por Elis Martini
Colaboração: André Schröder e Nico Collares 

18 Respostas to “Looks Like Centro* – Desbravando o centro de Porto Alegre”

  1. Ligia Says:

    Elis querida!!!Sempre venho aqui ler teu blog!Muito luxuoso,por sinal!Moderninho que só vendo!;)

    Só esqueceram de alertar sobre a finada gangue das gordas e a atual GANGUE DAS JAPAS!AHAHAHAH.

    Pior, com uma gangue das japas por perto, tudo tende a ficar fruitcolor naquelas bandas!

    Beijos e sucesso!

  2. gressi Says:

    muito legal!! eu sou mega fã do centro e das lojas pra velhotas há algum tempo. ok, as roupas não duram muito tempo (ainda mais lavando sempre em máquina de lavar), mas paga-se pouco por coisas divertidas e ainda mais exclusivas que Renner ou C&A (tão chinelas quanto).

    ao menos nunca vi ninguém usando minhas camisas xadrez de R$ 10 pilas ali da Otávio Rocha.
    🙂

  3. moderninho Says:

    bah, não tô sabendo dessa gangue das japas… que medo, hehehe

  4. Carol Says:

    faltou a GRIPPON. 😛
    meu ex-chefe, empresário e tal, só comprava as camisas lá…

  5. Didi Says:

    a grippon é a melhor! e tem as lojas de tecido da pinto bandeira que affffff são tudo! ali no hippo fábricas tem bolsa de oncinha por dez pila, pasmem!

  6. simone Says:

    Bom dia!
    Vocês tem o telefone da Sul Center?
    Obrigada

  7. Aline Says:

    As dicas estão perfeitaaaaassssssssss!!!!!!!
    Muuuito legal!
    Moro em Fortaleza e tenho familía de POA, então quando piso aí, adoooro bater perna na Voluntários! E olha que aqui em Fortaleza só compro no Iguatemi! O importante é ter estilo, sempre…

  8. Tatiane Says:

    Olá pessoal, mtooooooo bom!!!
    Gente vcs são da Famecos?? huahua
    Nossa o maximo essa pesquisa de vcs vou começar a visitar mais esse blog!!!

    BJÃOO

  9. Mari Says:

    Muito showww adorei esta pesquisa!!!
    às vezes estilo não significa pagar caro por algo!

  10. Luiza Says:

    Adoreii mesmo ja até comprei varias iguais

  11. VANIA Says:

    E AI GALERA ADOREI ESSA MATERIA MORO EM NH ,CONHECO POA MAS E LEGAL SABER ONDE ENCONTRO ACESSORIO FASHION VALEU OPELA DICA ,FACAM UMA MATERIA SOBRE VERAO 2009 ATE

  12. Everton Marreiro Says:

    Adorei . . . . .

  13. Nessa Says:

    o pior problema é achar coisas G.

  14. Laura Says:

    Adorei! Continuem fazendo isso e dando essas dicas q vcs vao longe😀

  15. daisy Says:

    oi as lojas da volunta sao ate superiores das c&a e as renner da vida pois as roupas duram mesmo tempo se pha ate mais bju galera!

  16. Riot Carol Says:

    Gurizada, pra mim nada disso é novidade!!

    Trabalhar no centro é uma coisa que até faz bem, por isso já descobri todas essas lojinhas a tempos!!

    Mas foi ótimo divulgar isso!!
    Reforçando o que já disseram, é MUITO importante revisar bem as peças, pois por experiência própria, pagar barato, usar a roupa poucas vezes e ter uma belissíma desilusão é bem comum!!

    Continuem mandando essas dicas pro pessoal!

    Virei leitora assídua agora!!

    =D

  17. dAnIgReMio Says:

    Eu aMuh o dOuGlAS

  18. Estela. Says:

    Adoro comprar na Sulcenter , pois encontro roupas para minha folha de 8 anos , meu mardio e pra mim …

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: