Archive for Maio, 2008

Casa da Traça

31 Maio, 2008

ReproduçãoO pessoal de Novo Hamburgo já pode contar com um ótimo espaço para comprar roupas de estilistas alternativos e de brechó. A Casa da Traça é um lugarzinho muito bacana que oferece um monte de peças vintage de qualidade e em bom estado de conservação por um precinho bem camarada. Além disso, o clima do lugar é todo especial, com direito a cafezinho e música na vitrola. Pena que são raros os lugares assim aqui em Porto Alegre. A Casa da Traça fica na rua Miguel Couto, n° 180, no centro de Novo Hamburgo. Eles também vendem suas roupas pela internet, através do site www.casadatraca.com.br. Tem cada achado, tipo esse óculos por R$ 30 e essa gravata por R$ 5. Corram, meninos!

Keira Knightley solta o gogó

31 Maio, 2008

Depois de Scarlett Johansson, é a vez de Keira Knightley soltar a voz na trilha de seu próximo filme, ‘The Edge of Love’. Dizem que ela cantou ao vivo no set, sem dublagem, sem nada. Até que não tá tão ruim, né?

Você escolhe o final, você decide!

30 Maio, 2008

Lembra do ‘Você Decide’, aquele programa clássico da Globo que geralmente mostrava algum dilema de traição ou segredos não-revelados? Esse vídeo do YouTube tem mais ou menos a mesma proposta (guardadas as devidas proporções). Nele, a cada final de episódio temos que escolher uma possibilidade entre quatro para ajudar o protagonista, Mr. Safety, a achar seu gato Sparta. Somente uma das 64 combinações levará ao bichano. Apesar de ser de baixíssimo orçamento, o vídeo até que é bem feitinho e já foi visto mais de 140.000 vezes em apenas um dia de YouTube. 

Ainda estou tentando achar o gatinho. Alguém aí já conseguiu? 

Hot or Not?

30 Maio, 2008

ReproduçãoNova campanha do Marc Jacobs com a Victoria Beckham. A gente já está se acostumando com essas bizarrices, né?

Não entendeu? Clica aqui.

Jeans de graça!

29 Maio, 2008

Divulgação

Quem estiver afim de descolar um jeans de graça, fica ligado na ação que a Lee vai fazer aqui em Porto Alegre no próximo sábado (31). A equipe da marca escondeu três caixas com uma calça jeans dentro em três pontos da cidade, quem achar leva a peça na faixa. Já que as dicas do flyer estão meio apagadinhas, reescrevo aqui para ajudar quem quiser entrar nessa busca:

Lugar 1 – O pequeno caminho da Padre Chagas
Lugar 2 – Do viaduto da João Pessoa ao Porão da Independência
Lugar 3 – O ponto eletrônico da zona sul  

Barbada, né? Até podiam fazer umas dicas um pouco menos óbvias. Se alguém aí for um dos ganhadores dos jeans, nos avise!

Mais galochas!

29 Maio, 2008

DivulgaçãoPara as porto alegrenses na corrida por uma galocha, outra dica é o blog da designer de moda Ananda Sophie. A Ananda está vendendo essa galocha ao lado e uma outra floral por um precinho bem camarada. Além disso, ela faz umas pulseiras e prendedores de cabelo super fofos!

Perdeu as dicas que a gente deu para quem quer comprar galochas? Clica aqui.

PS: Estreei a minha hoje!!! 

TeNenTe Cascavel: A volta do TNT e dos Cascavelletes!

27 Maio, 2008

André Schröder

Para o especial dessa semana, o Moderninho entrevistou a TeNenTe Cascavel, que faz seu show de estréia dia 5 no Opinião. Se o nome do grupo ainda soa meio estranho, os componentes são bem familiares: Frank Jorge, Alexandre Barea, Luiz Henrique “Tchê” Gomes, Marcio Petracco e Luciano Albo, ex-integrantes das duas bandas fundadoras do rock gaúcho. As músicas também são nossas velhas conhecidas, ou quem aqui nunca dançou ‘Cachorro louco’ enlouquecidamente ou cantou ‘Sob um céu de blues’ em uma rodinha de violão? Leia na matéria abaixo como foi nossa conversa sobre esse novo projeto, o preconceito contra bandas antigas que se reúnem, o fim do TNT e dos Cascavelletes e muito mais!

André SchröderChegamos um pouco antes do horário no estúdio do baterista Alexandre Barea, ex-Cascavelletes, e conseguimos escutar as últimas músicas do ensaio da TeNenTe Cascavel. Entre elas, uma versão quase punk de ‘O mundo é maior que o teu quarto’, sucesso radiofônico do TNT. Logo fomos simpaticamente recebidos por “Tchê” Gomes, ex-TNT, com quem havíamos feito contato. Enquanto o pessoal se posicionava para a entrevista, Frank Jorge, ex-Cascavelletes, e Marcio Petracco, ex-TNT, conversavam sobre um suposto churrasco: “Churrasco rock n’roll?”, perguntou Frank. “Não churrasco de levar filho, mulher e cachorro”, respondeu Marcio. É, the times they are a-changin’.  

Iniciamos nossa conversa falando sobre a iniciativa de formar essa nova banda para tocar os clássicos do TNT e dos Cascavelletes. “Não é uma coisa de dentro, parece que o mundo conspira para que a gente se reúna, é um acerto cósmico“, afirma Tchê Gomes, que teve que ouvir risadas dos colegas devido à expressão new age utilizada na frase. Barea completa dizendo que no seu caso o que o incentivou foi a vontade de tocar: “Centenas de vezes já tentamos reunir os Cascavelletes. Ano passado rolou um show [no aniversário da rádio Pop Rock], mas foi um parto para conseguir juntar a galera. Sempre tem um que não quer porque tá lançando disco, tá em turnê, tá na Europa. Eu, o Frank e o Albo sempre estamos afim de tocar, mas a gente ficava sem poder fazer, então essa foi uma solução até melhor. Conseguimos reunir tanto as principais músicas dos Cascavelletes quanto as do TNT“.    

André SchröderQuando perguntados sobre os planos de fazer turnê no interior e em outros estados, Tchê afirma que “a carroça pretende andar, mas a banda ainda não tem nada marcado” e Marcio completa em tom de deboche “a gente gastou muito dinheiro em ensaio, vai ter que rolar mais shows para cobrir”. O lançamento de músicas inéditas também  é uma possibilidade, apesar de não estar nos planos atuais da banda.  

Não poderíamos deixar de falar do preconceito que as bandas antigas sofrem quando resolvem voltar à ativa, afinal de contas o que mais se ouviu quando grupos como The Police, The DoorsThe Who, entre muitos outros (até as Spice Girls), se reuniram foi que os músicos estavam somente atrás da grana. Nesse momento Frank Jorge dá sua primeira declaração: “Ser músico é um trabalho profissional como qualquer outro, a gente está fazendo algo tão normal como qualquer outro grupo poderia fazer. Com CPI do Detran e roubalheiras múltiplas, não venham pirar com uns caras que se juntam para fazer um show de rock profissional!Barea completa ressaltando o profissionalismo da banda: “É óbvio que a gente gosta de dinheiro, quer ganhar dinheiro, mas em troca a gente vai dar um show de primeira qualidade, a gente não se reuniu uma semana antes pra fazer um show porcaria e juntar uns trocados para encher a cara. Estamos nos esforçando e trabalhando sério, não é um caça-níquel barato“. Sem querer, Marcio dá a deixa para o nosso próximo assunto: “Se fosse pela grana, não estariam só os parceiros, se fosse pela grana, de repente iriam estar os cantores também“.

A ausência de Flávio Basso – atual Júpiter Maçã e ex-vocalista dos Cascavelletes – na TeNenTe Cascavel até é facilmente compreendida (não sabe porquê? leia nossa entrevista com ele). Porém a falta de Charles Master, ex-vocalista do TNT que participou da reunião do grupo ocorrida em 2003, é mais questionável, já que boa parte das lendas do rock gaúcho gira em torno das desavenças entre os integrantes da banda. Sobre esse assunto, Marcio é categórico: “Não vamos ficar tornando públicas bobagens e eventuais problemas pessoais. Em princípio todos seriam bem-vindos na banda, mas a jogada aqui é uma questão de afinidade tanto musical quanto pessoal. Eu particularmente adoraria ter o Flávio aqui, mas acho que ele não tá muito nessa pilha. É importante que os caras que estão aqui estejam afim do lance como ele é”. Tchê completa: “É muito cansativo trabalhar com determinadas pessoas, não paga a questão emocional”.

André SchröderO assunto se desenvolve até que questionamos sobre os motivos pelos quais as bandas acabaram. Sobre o TNT, Marcio afirma que muitos atritos começaram a surgir depois que o grupo começou a fazer shows no sudeste: “Quando botamos a cara no eixo Rio/São Paulo, a pedreira começou a rolar e as pessoas começaram a se revelar“. Já Barea deu uma explicação mais mercadológica para o final dos Cascavelletes: “Problemas sempre existem, mas quando tá rolando show a coisa anda. No início dos anos 90 o rock nacional perdeu muito espaço para coisas como pagode, axé, sertanejo. Os anos 90 foram terríveis pro rock, foi uma década horrível. De 1990 até 1993, 80% das bandas dos anos 80 acabaram. Na época eu larguei tudo e abri uma pizzaria, porque achei que o rock tinha acabado no Brasil“. 

Mas se os problemas pessoais desgastaram o TNT e o mercado esnobou os Cascavelletes, a TeNenTe Cascavel parece estar muito bem e promete música boa e diversão no seu show de estréia. “O espírito agora é o mesmo de quando a gente tinha dezoito anos”, afirma Tchê, fazendo referência aos tempos áureos das duas bandas. “É legal ver como foi longe aquela influência, o que a gente começou quando tinha dezoito anos se transformou numa coisa que hoje é chamada de rock gaúcho, que é uma marca pra todo Brasil e que influencia bandas não só daqui”, completa Barea. Exemplos disso não faltam: Faichecleres, Identidade e Sapatos Bicolores são algumas das dezenas de bandas que revivem o som criado por esses caras nos anos 80.

Confira mais fotos da entrevista na nossa galeria.

Para quem quiser conferir o show, adiantamos que a banda está super entrosada depois de dois meses de ensaio e promete roupagens novas para algumas músicas. Abaixo segue o serviço:

Show da TeNenTe Cascavel
Data: 05/06/2008
Horário: 23h
Local: Opinião – Rua José do Patrocínio, 834 – Porto Alegre
Ingressos: Antecipados a R$ 20 nas lojas Backdoor (Shoppings Iguatemi, Praia de Belas, Rua da Praia e Lindóia), pela telentrega (51) 8401-0104  ou pelo site Opinião ingressos. O preço para compra na hora do show não foi divulgado.  

Por: Elis Martini e André Schröder
Fotos: André Schröder

E na passarela, os torcedores da Lusa

27 Maio, 2008

Reprodução

A gente morre e não vê tudo… O terceiro uniforme parece ser uma maneira fácil para os times de futebol arrecadarem uma graninha extra. Depois do glorioso verde-limão do Palmeiras e do não-menos-terrível roxo do Corinthians, é a vez dos torcedores da Portuguesa serem agraciados com uma camiseta nova.

A diferença é que, ao invés de focar nos torcedores com problemas de visão, como fizeram os designers dos times de Vanderlei Luxemburgo e do graaande Mano Menezes, a Lusa se direcionou para a ala indie da sua torcida. Brincadeiras à parte, o novo uniforme da Portuguesa foi desenvolvido pela Cavalera (sim, aquela mesmo do Igor, do desfile no rio Tietê e tudo mais) em parceria com a Penalty, fornecedora do material esportivo do time. Como se isso não fosse bizarro suficiente, os torcedores poderão escolher a versão final da camiseta entre as quatro opções desenvolvidas pela marca, através de uma enquete na internet.    

Eu até diria que os caras da Portuguesa são espertos, mas com esse sitezinho chinelo simplesmente não dá.

Drinks and the City

26 Maio, 2008

Reprodução

Na onda do lançamento do ‘Sex and The City’, a vodka SKYY – patrocinadora do filme -, elaborou quatro drinks inspirados nas personagens principais. Me interessei bastante pelo da Samantha, mas todos parecem bons. Para beber e se sentir na festa mais hype de Manhattan!

Carrie
2 doses de vodka SKYY
1 dose de cointreau
2 doses de néctar de manga
1/2 dose de suco de lima
1/2 dose de melado

Bater com gelo e coar para um copo gelado. Decorar com uma fatia de manga desidratada.

Samantha
2 doses e 1/2 de vodka SKYY
1 dose e 1/2 de tequila
1 dose de melado
1 dose de suco de lima

Bater com gelo e coar para um copo gelado com uma mistura de sal e um pouco de pimenta branca na borda.

Miranda
2 doses de vodka SKYY
3/4 dose de Campari
2 doses de suco de romã
1 dose de cointreau
Suco de um limão 

Bater com gelo e coar para um copo gelado. Decorar com uma rodela de limão.

Charlotte
2 doses de vodka SKYY
3/4 dose de Frangelico (licor de avelã)
3/4 dose de licor de amêndoas
3/4 dose de licor de chocolate amargo
1 dose de “Half and Half

Bater com gelo e coar para um copo gelado. Decorar com raspas de chocolate.

Tá na dúvida? Faz esse teste e te decide (ah, a internet…).

Uau!

26 Maio, 2008

ReproduçãoPára tudo, gentem! O que é esse vestido Versace que a Milla Jovovich usou ontem em Cannes e que eu só vi agora? Certamente merece um lugar na listinha dos melhores.

Ah, e a Vogue RG também fez uma listinha de “mais elegantes de Cannes”. Agora, convenhamos, a nossa é bem melhor e menos óbvia 😉